segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Sou marrenta?

Dificilmente por aqui comento sobre os meus assuntos sentimentais. Afinal, o coração é um terreno em constante mutação e que requer todo cuidado ao ser pisado, correto?!

Fiz um post sobre o brinde e agora preciso escrever sobre uma pessoa que cruzou ligeiramente meu caminho e me fez refletir um tico.

O encontrei duas vezes .. na verdade estivemos no mesmo lugar por três ocasiões, mas nos esbarramos em duas.

A situação me chamou a atenção por dois detalhes:
1 - fui chamada de marrenta e
2 - elogiada por ser marrenta

Até esta altura da minha vida nunca havia sido chamada de marrenta .. já fui xingada, odiada (creio!), amava (tb creio) e esculhambada ... mas até então não recebia o rótulo de marrenta. Este dia chegou!

Por me fazer de difícil (ou ser msm difícil, sei lá. Na vdd o fato de ser simpática não significa: estou te dando moral! estou simplesmente sendo educada com TODOS), o hominho em questão abriu o verbo e disse que era marrenta, um 'soldadinho' em posição. Claro que isso me deixou irritada (e muito!). Marrenta é a sra sua mãe, ótima resposta, tratando-se de uma marrenta.

Acontece q depois disso pensei que ele jamais gostaria de se esbarrar comigo novamente. Acabou esbarrando e então me disse o óbvio - "homem adora mulher difícil". Mas este não foi o ponto .. o ponto foi - "mulher hoje em dia está muito fácil. Fácil mesmo. Vc é bonita e inteligente, pode e deve ser marrenta".

Ok! Ele queria me conquistar e todo aquele blablabla. Tenho noção disso, porém a espécie masculina em questão não era simplesmente uma espécie masculina a mais no mercado. Era uma SENHORA espécie. Bem apanhado (há tempos não esbarrava com alguém bonito msm, era simplesmente bonito e ponto), charmoso (qualidade fundamental), humor sarcástico (ou seja, inteligente) e observador .. enfim, uma senhora espécie, analisada e autorizada pelas amigas de plantão. Ele pode ser marrento .. e era! Mas daí elogiar e me permitir ser também é outra história .. ele assim fez.

Provavelmente não nos veremos mais ... entretanto o esbarrão valeu. Saí da nossa conversa matutando .. matutando .. matutando .. Definitivamente vou continuar com a marra. Como o mundo gira, quem sabe não nos esbarremos por aí?! Caso isso aconteça prometo ser menos marrenta, prometo sentar e conversar civilizadamente ...
Sds!

Nenhum comentário:

Postar um comentário